Últimas Notícias




Supermercado de Muriaé é condenado a indenizar em R$ 50 mil funcionário após demiti-lo por justa causa sem provas

JORNALISMO | 15/10/2020 15:43 COMENTAR 2
Voltar
Supermercado de Muriaé é condenado a indenizar em R$ 50 mil funcionário após demiti-lo por justa causa sem provas


Um supermercado de Muriaé terá que indenizar um funcionário de 27 anos em R$ 50 mil e recontrata-lo, após tê-lo demitido por justa causa o acusando de furto, sem provas.

De acordo com o rapaz, ele foi acusado pelo subgerente de colocar uma quantidade de carne a mais que o cliente tinha pagado.

O caso foi parar no Tribunal Superior do Trabalho em Brasília. A decisão foi tomada pelo Ministro João Batista Brito. O supermercado não poderá mais recorrer da decisão arbitrada. O acordão foi publicado no dia 09 deste mês.

O funcionário informou que o prejuízo foi incalculável. Quando a decisão ocorreu, no dia 15 de novembro de 2018, ele era a única fonte de renda de sua casa e precisava arcar com as despesas de dois filhos recém-nascidos e da esposa que na época, estava desempregada.

Por questões judiciais, o jovem preferiu não se identificar e nem citar o nome do supermercado. Atualmente o rapaz está encostado pelo INSS devido um problema nas vistas em que perdeu 90%, mas informou assim que estiver liberado a voltar as suas atividades normais, pretende voltar a trabalhar no supermercado.

 

Fonte : Rádio Muriaé




Nome: Telma Barros da Silva
Postado no dia 15/10/2020 - 16:48
Cidade: Rio de janeiro -Rj

A lei do nosso país é muito lenta.
Nome: João Mineiro
Postado no dia 15/10/2020 - 18:39
Cidade: Muriaé-MG

Entre tantas notícias tristes na vida dele, agora uma bacana. Boa sorte ao rapaz, que o Senhor ilumine seu caminho e o conduza por veredas mais tranquilas, abençoando sua vida e de sua família!!