Últimas Notícias




Polícia Civil alerta população sobre golpes por telefone

JORNALISMO | 26/03/2020 14:15 COMENTAR 0
Voltar
Polícia Civil alerta população sobre golpes por telefone





Em tempos de quarentena, em virtude do novo Coronavírus, a Polícia Civil de Minas Gerais reforça orientações à população sobre informações ou dados pessoais fornecidos por telefone: é preciso ter cuidado, inclusive, na área do 4º Departamento, que abrange as Delegacias Regionais de Juiz de Fora, Ubá, Leopoldina, Muriaé e Viçosa. Há golpes, por exemplo, em que pessoas podem estar se passando por policiais civis para recolher cartões em residências de vítimas, no município de Juiz de Fora.

Logo, ao receber uma ligação, a população deve ficar atenta para não fornecer ou confirmar dados, em geral. Entre os golpes aplicados, há aquele em que criminosos entram em contato por telefone e se apresentam como funcionários de instituições financeiras, informando que a pessoa teria sido vítima de estelionato, pois compras teriam sido realizadas em seu nome, por meio do cartão bancário. Além disso, para que a vítima não desconfie, eles chegam a passar números de protocolo de bloqueio do cartão e de ocorrência – registro que já teria sido feito pela própria instituição. Em seguida, uma pessoa – que pode se identificar como suposto policial civil – vai até a casa da vítima para recolher o cartão para a investigação do caso fictício.

Diante do perigo, a Polícia Civil listou algumas dicas de prevenção:

1 - Recebeu uma ligação? Fique atento em fornecer ou confirmar dados em geral;

2 - Atenção para e-mails ou mensagens que prometem absurdos (curas, vacinas ou algum tipo de benefício). Apelar para a saúde das pessoas, em momentos de vulnerabilidade, é um golpe conhecido;

3 - Baixe aplicativos de lojas oficiais. Evite sempre links diretos;

4 - Cuidado com pedidos para preencher formulários, com dados pessoais;

5  - Cuidado com documentos compartilhados por mensagens;

6 - Acha que caiu em um golpe? Que teve o celular, a senha das redes sociais, e-mails ou qualquer outra senha comprometida? Entre em contato imediatamente com o seu banco.

 

Fonte : Polícia Civil de Minas Gerais