Últimas Notícias




Comitê Gestor se reúne e pede que população não "afrouxe" medidas tomadas para conter avanço do coronavírus

JORNALISMO | 24/03/2020 13:07 COMENTAR 0
Voltar
Comitê Gestor se reúne e pede que população não














O Comitê Gestor da Prefeitura Municipal de Muriaé, deu entrevista na manhã desta terça-feira (24) à Rádio Muriaé. O município possui 19 casos suspeitos e nenhum foi confirmado. O prefeito Grego reforçou o pedido para a população não afrouxar as medidas adotadas em  razão dos resultados negativos de casos da doença no município. “Esperamos que a população não tenha uma falsa impressão que a situação esteja controlada . Não devemos afrouxar nas medidas já adotadas. O momento é de mantermos focados e disciplinados nas decisão do Comitê Gestor", afirmou o prefeito.

 

Participou também da reunião o Promotor de Justiça, Dr. Fábio Laureano, que  alertou sobre a disseminação de Fake News: “O momento é de calma e de extrema importância. Já estamos tomando providências de cunho policial aos autores destas fake News, e os veículos onde elas são divulgadas. O município, através de seus órgãos de imprensa está à disposição para a confirmação de qualquer notícia”, disse o promotor.

 

Para o Tenente Coronel Márcio roberto, Comandante do 47º Batalhão de Polícia Militar de Muriaé, ele pediu à população que continue atenta e denunciando abusos neste momento de apreensão. “Continue confiando no trabalho da Polícia Militar, continue denunciando as ações de criminosos. Estamos à disposição e atentos 24 horas por dia para responder as demandas que forem apresentadas", reforçou o comandante.

Já o médico infectologista Dr. Daniel Licy alertou a população sobre as condições que a rede pública estará atendendo à população. “Você que tem um resfriado comum e que for procurar o seu atendimento médico independente de qual seja o local, unidade básica de saúde  ou consultório médico ou até mesmo o hospital, o que você não deve fazer; se você tiver um caso leve , não será testado pela rede publica. O paciente só será testado se ele desenvolver sintomas graves da doença e aqueles que merecem inclusive internação. A partir de agora, não adianta você cobrar do seu médico, cobrar dos serviços do sistema de saúde, porque respeitaremos as determinações que são de ordens superiores" afirmou Licy.

O infectologista também informou que muito provavelmente, teremos nas próximas duas ou três semanas, casos confirmados da Covid-19 em Muriaé. “ Difilcilmente não teremos casos do Covid-19 em Muriaé. Nossas ações são objetivamente para reduzir o numero de casos que apareçam no mesmo momento. Ou seja, precisamos conseguir  distribuir o número de casos que apareçam, para que o sistema de saúde seja capaz de escoar os casos à medida que chegam."    

 

Fonte : Rádio Muriaé